18 maio 2013

Uma vez que ouvi e gostei

Um certa tarde por acaso cheguei a ouvir uma música que gostei muito, meio deprimente, mas com aquela pegada fim de tarde numa cabana meio abandonada num sítio qualquer. Eu ouço música e tento associa-las com algo, seja lugar, pessoa, cor, cheiro, sentimento... Gosto de música, gosto de sentir a música na alma e gosto de vive-las! Embora muitas vezes não no lugar imaginado, mas sentir já basta.


Comprei para mim um maço de cigarros fortes, no início da manhã
chuvosa
Ultimamente minhas mãos não sentem como se fossem minhas
Meus olhos foram picados com a poeira, eu estou cego
Segurei você em meus braços uma vez
Perdi você do mesmo jeito...

O amor é a comida do pobre homem...

4 comentários:

BLOG SEJA LIVRE, VOE! | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2015 ©| Design e Código: Layanne Eduarda | • voltar ao topo