07 setembro 2013

Anonimato

Seria muito mais fácil se esse blogue fosse um blogue anônimo, assim eu ficaria disposta para falar sobre mais coisas e, escrever muitas coisas minhas.
World go away
Felizmente há muita gente que conheço que deve andar por aqui como seguidores anônimos, vem e vão, não deixam comentários, apenas olham. E claro, me conhecem mais, te podem ter mais facilidade para conversar comigo.

Enfim, o blogue não é anônimo, nem pode ser e eu ainda me sinto um pouco enclausurada no meu próprio eu.

8 comentários:

  1. Sei bem como é isso, até já fiz um post no meu blog sobre hahah.
    Também queria poder postar algumas coisas que meio que me incomodam, mas infelizmente eu também sei que o meu é lido por pessoas que já fizeram parte da minha vida e nem rola fazer isso, também nem quero fazer um blog anonimo :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dan, isso é bem complicadinho mesmo. Mas quando me apetece falar, eu falo. Mas realmente tem assuntos que não tem como. rs É fogo.

      Excluir
  2. Já pensei em fazer isso.
    Eu seria mais um livro aberto. Na verdade se tornaria o livro das lamentações kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros das lamentações é?
      Seria interessante.

      Excluir
  3. Oi,
    A sua reflexão foi bastante interessante:)Agradeço de coração o cometário que você deixou lá no blog repleto de elogios,saiba que isso é reciproco e que gosto bastante do seu blog.

    Páginas em Preto

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :)

      Ela, nem precisa agradecer. ^^

      Obrigada por sempre visitar.

      Excluir
  4. Realmente, já tive um blog também e o fato de ter pessoas do nosso cotidiano visitando o blog as vezes se torna um incômodo mesmo.

    ResponderExcluir
  5. No início, postava qualquer coisa, nem me importava o que poderiam pensar. Mas com o passar do tempo mudei o jeito de postar e abordar algumas coisas. Sinto-me um pouco presa ainda.

    ResponderExcluir

BLOG SEJA LIVRE, VOE! | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2015 ©| Design e Código: Layanne Eduarda | • voltar ao topo