05 abril 2014

Amor platônico

Somos, porque o laço que nos une é muito maior do que imaginávamos.
Amor platônico  é, na acepção vulgar, a ligação amorosa entre duas pessoas sem aproximação sexual. Esta definição, contudo, difere da concepção mesma do amor ideal de Platão, que concebera o Amor como algo essencialmente puro e desprovido de paixões, ao passo que estas são essencialmente cegas, materiais, efêmeras e falsas.Tumblr
O Amor, no ideal platônico, não se fundamenta num interesse (mesmo o sexual), mas na virtude.


Eu tive e tenho um amor platônico e não me envergonho de dizer, afinal são quase 7 anos de lealdade, paixão, amizade, companheirismo, e amor. 


9 comentários:

  1. Eu acredito que a paixão é efêmera mesmo, dura pouco e se ainda existir interesse, será amor. Apesar que se apaixonar é mto bom, é uma delicia! Mas amar, não tem coisa melhor.

    ResponderExcluir
  2. Faço minhas as palavras da Dayane, nada melhor do que amar...

    ResponderExcluir
  3. Quando é verdadeiro e recíproco sim, Sr. Anônimo, nada como ter certeza dos nossos sentimentos para poder se chegar ao amor limpo e sóbrio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, um dia ainda atinjo tal plenitude sentimental... porem ainda possuo o mal abito de me deixar levar por minhas paixões e por tanto deixo esse meu amor platonico aqui guardadinho comigo e vou vivendo como dá. rsrs

      Excluir
  4. Cara, baseado no que li no post "Isso é tudo que resta de ti" do dia 8 de abril, se é sobre a mesma pessoa, só tenho mais certeza de que você não se ama nem um pouco, queria entender pessoas assim, tem o prazer de sofrer, grade burrice! acaba fechando os olhos para pessoas que podem estar a espera de uma chance p te fazer feliz, ou pior, acaba machucando alguém, já pensou se ele conhecer alguém, uma mulher mesmo, não velha, falo de maturidade, mas ai vc fica nessa luta e acaba machucando ela, isso aconteceu comigo, eu era um cara muito rlx, e a minha ex era assim como vc, eu gostava pq era cômodo p mim, sempre um tapete aos meus pés, mas uma hora senti a necessidade de crescer, larguei ela e fui ser feliz, ela foi tão insistente q magoou minha atual, mas minha grande sorte, e muito grande foi que minha atual amava a mim, mas amava mais a si própria, isso me deixou louco, me apaixonei de vdd, mas ainda vejo minha ex feito idiota sofrendo, não tô nem aí p ela pois já aconselhei demais. Mas mesmo não te conhecendo te dou esse toque, acorda menina, p não passar por isso q ela ta passando. Vc escreve tanta coisa bonita, comece a escrever sua historia, faça ela ser bonita, de verdade. Só uma dica de um amigo anônimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. game over para vc ahahahah

      Excluir
    2. Olá querido anônimo! Bem, o post anterior não tem nada a ver com esse, tanto que se você ler bem, no final do post tem algo dizendo.
      Hum... Sua história é um tanto confusa não acha? E porque querer que alguém seja um tapete aos seus pés? O primeiro passo pra uma pessoa fazer outra feliz é ser feliz! você ta totalmente enganado ao meu respeito, aliás, você tem todo direito de pensar assim, todo ser é livre para pensar o que quiser, mas, a minha vida, a minha felicidade, quem sabe realmente sou eu, e as pessoas que realmente convivem comigo e que me conhecem a fundo, sabe que sou realmente feliz.
      Obrigada por achar o que escrevo bonito, mas tenho escrito minha própria história, escrevo a lápis as vezes, pra poder apagar o que fizer de errado, bem, ultimamente não tenho precisado apaga-la, porque cada página que escrevo ela floresce a cada página passada, sabe... vai dar um livro e tanto. :)

      Bom dia pra você.

      Excluir
  5. Ok, espero mesmo ter entendido errado, seria desperdício ver uma garota como você perder sua vida, ou parte dela, pensando em alguém que já deve ter provado que não te quer como você o quer. Desculpe-me mais uma vez pelas palavras, só quis dar um toque baseado no que li, não vim aqui para julgar ninguém

    ResponderExcluir

BLOG SEJA LIVRE, VOE! | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2015 ©| Design e Código: Layanne Eduarda | • voltar ao topo