09 agosto 2015

Embriaguez de sentimentos

Vinho

Desculpa se eu te ligar a esta hora, eu só queria ouvir a sua voz, já que é a única coisa ao meu alcance. Eu ainda não tirei da cabeça a ideia insuportável de não poder te ver. Engraçado, quem escolheu não ver você fui eu. Fui eu que a ultima vez joguei na sua cara todos os nomes feios possíveis que alguém um dia já falou e ainda continuo achando que foi pouco. Mas, ao mesmo tempo que sinto raiva, eu sinto saudade, toda vez que sinto falta de você, me dá mais raiva ainda de mim, eu infelizmente ainda não esqueci tudo, e quando digo tudo, falo dos bons e maus momentos, claro que eu gostaria de esquecer aquelas merdas todas sabe? Mas não dá cara. E eu fico me perguntando o motivo de eu ter aceitado todos os reencontros, o  motivo de ter deixado você me beijar novamente depois de tantos anos, seria uma recaída? Que seja, já aconteceu tantas vezes comigo, já tive mil e uma recaídas por você e ainda continuo tendo e sei que vou continuar tendo, e eu pergunto que porra é essa que acontece comigo toda vez que estou sóbria... É porque eu tento passar mais da metade do tempo bêbada que é pra ver se eu te esqueço. E desculpa se estou te ligando as 2 horas da manhã, é que mesmo bêbada, dessa vez eu não consegui te manter longe dos meus pensamentos. 

Um comentário:

BLOG SEJA LIVRE, VOE! | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2015 ©| Design e Código: Layanne Eduarda | • voltar ao topo