12 abril 2013

Insanidade

Eu achava que atraia loucos, chamava meus amigos de insanos até que um dia...
Tumblr_ml62rsatlf1qjddppo1_500_large

Sentada na parada de ônibus aparece um rapaz meio desfigurado e sujo entre seus vinte e poucos anos quase trinta.
- Moça, me arruma algum trocado? 
- Não tenho, estou usando o cartão de passagem. 
E ele vai embora.

Uns minutos depois...
Senta alguém ao meu lado e eu olho, era ele novamente.

-Sabe moça, eu queria dinheiro pra ir ali comprar droga, eu to precisando relaxar, eu sai por ai, eu queria ir pro rio. O lugar que eu estava eu só vivia dormindo.

- Humm...

- Por isso eu queria dinheiro. Olha, Olha, Olha, eu hoje sai de onde eu tava, eu fugi. Eu não aguentava mais aquele lugar. As auxiliares eram chatas e os homens ficavam dando em cima das enfermeiras... Eu fugi, agora vou andar por aí pra poder ir pra casa.

Cheguei a falar umas coisas, mas quando ele começou a falar já havia percebido que ele era "louco" e que o lugar de onde ele fugiu era a clínica psiquiátrica.

- Você é linda... Sabe, todas as mulheres são iguais não é?
- Hum,  é? Por quê? 
- Todas são lindas assim como você.

Eu realmente fiquei calada no momento, apenas sorri.

- Como é seu nome?
- Layanne
- Olha, eu vou embora foi um prazer.
- Tá, se cuida.

A mulher sentada ao meu lado ficou sem saber o motivo de eu estar conversando com uma pessoa "diferente". Eu apenas falei a ela que já não aguentava ele contando a mesma coisa durante uns 15 minutos.
Mas é isso, não custa nada fazer coisas diferentes, de louco todos nós temos um pouco, inclusive quando ficamos na frente do espelho fazendo discursos.

5 comentários:

  1. Ele me pareceu mais normal que muitos seres racionais por ai!
    Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso. Eu me pergunto.
      Sou normal ou sou insana? :P

      Excluir
  2. Engraçada a situação, até que esse rapaz foi bem amigavel, tem pessoas entra aspas "normais" que não são nem um pouco cordial com ninguém, parabéns, ganho um novo amiguinho kkkkk bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É. :P
      Não tive medo e nem me mostrei apreensiva. Tenho certeza que se fizesse alarde ou começasse a gritar feito muitos fazem, ele teria se assustado e tentado se defender.
      Sem contar que já tive experiências assim em estágios. Acho que com "insanidades" eu lido um pouco bem :P

      Excluir
    2. "Insandade Lucida" mercham .... Kkkkk

      Excluir

BLOG SEJA LIVRE, VOE! | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2015 ©| Design e Código: Layanne Eduarda | • voltar ao topo