10 outubro 2013

Uma carta fora do baralho

E muitas vezes me sinto uma carta fora do baralho principalmente em ocasiões que devo tomar decisões de extrema importância e que incluem pessoas. Eu sempre digo e penso da mesma forma,primeiro agradar a mim e segundo as pessoas, mas quando agrado a mim, fico deprimida, triste e pelos cantos, como se tivesse feito a coisa mais errada do mundo. Se agrado as pessoas, é pior, sinto-me invalida e incapaz de fazer e saciar as minhas próprias vontades. Intuição que eu não mais sigo, nem força de vontade própria. Só da vontade de jogar tudo pelos ares...
Tumblr

12 comentários:

  1. Também passo por isso, tomar decisões nunca é fácil porque sempre tem o outro lado, a outra opção que foi deixada.
    Eu tento não pensar na possibilidade que não escolhi, mesmo que não seja fácil.
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todo mundo se complica um pouco na hora de tomar decisões, o problema é o grau das decisões, e se vale mesmo a pena.

      Excluir
  2. Já passei por isso e atualmente procuro equilibrar o modo de agradar os dois lados(a mim e as pessoas) apesar de ser algo extremamente complicado:s

    Páginas em Preto

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geralmente tentar equilibrar os dois lados é até bom. Ruim quando tem de se abrir mão do seu lado para agradar somente ao outro.

      Excluir
  3. É o mesmo sentimento de insatisfação que me ataca de vez em quando.
    {A Fake Blog}

    ResponderExcluir
  4. Sempre sofro com isso, mas sempre coloco tudo na balança e vejo o que é mais importante para mim, agradar-me ou sofrer as consequências de agradar os outros...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente assim que tento fazer sempre que possível. E principalmente sentir-me bem com a decisão. Sofrer as consequências de agradar os outros nunca é bom...

      Excluir
  5. Já fui assim, mas mudei, as pessoas percebem esse nosso jeito e se aproveita, agora penso mais em mim e minha consciência não fica nem um pouco pesada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De certa forma Dan uma hora ou outra voltamos a ceder. Infelizmente por pena ou por coração justo mesmo. rs A minha consciência sempre fica pesada sempre que vou contra aquilo que realmente quero.

      Excluir
  6. É uma faca de dois gumes, mas não tem jeito, temos que escolher uma opção. Depende de vc tirar esta sina e desencanar ou se acostumar a sempre agradar os outros.

    Que tudo se encaixe logo... :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas vezes há uma coisa chamada comodismo que pega de jeito a gente... mas acostumar não. Basta.

      Obrigada

      Excluir

BLOG SEJA LIVRE, VOE! | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2015 ©| Design e Código: Layanne Eduarda | • voltar ao topo