02 maio 2015

Ensaio sobre a cegueira


"É desta massa que nós somos feitos, metade de indiferença e metade de ruindade."


Quando  lemos, saímos do nosso mundo, entramos em outro conforto. Imaginamos, viajamos, somos seduzidos pelo prazer de ler. Mas quando lemos Saramago é diferente, saímos do nosso conforto habitual, a leitura é intrigante, forte, marcante. Outra uma vez me surpreendi com mais uma obra dele,  "Ensaio Sobre a Cegueira".
O livro me fez pensar ainda mais no que somos. O que é a humanidade? Para onde vamos? O que cada ser é singularmente? O que somos capazes de fazer? Somos tão egoístas que não paramos para pensar no próximo?

Saramago encanta com esse livro, e no final nos perguntamos: " É preciso cegarem-se todos para que enxerguemos a essência de cada um?"


"Mas quando a aflição aperta, quando o corpo se nos desmanda de dor e angústia, então é que se vê o animalzinho que somos."

8 comentários:

  1. O Senhor tem realmente a capacidade de nos fazer questionar sobre tudo e mais um par de botas... :)

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é muito, mas muito bom, eu li há algum tempo, era bem mas novinha e adorei. Me bateu uma vontadezinha de ler novamente até

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro pra ser lido e relido e a história vai ser cada vez mais contagiante Fernanda.

      Excluir
  3. Esse livro está na minha lista há tempos. Preciso mesmo parar de procrastinar e mergulhar na leitura! Quero me sentir marcada como quem já leu se sente.

    Preciso dizer que apesar do sumiço sempre passo por aqui, está tudo muito lindo e seus posts continuam incríveis <3 Até minha mãe viu o blog outro dia e adorou!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, você vai amar!
      Luuuuu *__* Obrigada Pelo carinho enoooorme viu? Eu adoro você. Um grande abraço pra sua mãe!

      Excluir
  4. Já ouvi falar muito sobre esse livro e tenho muita vontade de ler ele.
    Ótimo post!

    Páginas em Preto

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, é bem falado mesmo, um dos mais incríveis do Saramago. :)

      Excluir

BLOG SEJA LIVRE, VOE! | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2015 ©| Design e Código: Layanne Eduarda | • voltar ao topo